Direita ou esquerda?

Perdi meu amor no seio,
Direito, esquerdo, no meio.

Perdi meu amor num abraço,
Num toque, num choque, num laço.

Perdi meu amor no outro,
Confuso, difuso e afoito.

Perdi meu amor na poesia,
Em rimas, em promessas, em esquinas.

Perdi meu amor no porvir,
No intangível, no crível, no cível.

Perdi meu amor na literatura,
No cinema, na televisão.
Perdi o que estava na palma da minha mão.
Perdi aqui ou ali, não sei se abaixo ou acima da mesa.
Patético ou poético?
Mas e se perdi meu amor, numa deslizada para a esquerda?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s