Verdades

“Minha verdade é a alegria. É tentar lidar com as coisas de forma leve, sem que afete ou tire a minha paz. Ainda é uma busca. E nessa busca, tento aproveitar os momentos felizes, já que a felicidade não é uma situação permanente, mas um estado de espírito.

Penso que o amor não deve se prender a convenções. E sim, também busco viver um grande amor (que certa vez eu encontrei), livre dessas amarras.

Outra característica marcante é o ceticismo, que se manifesta em diversas vertentes da vida. A ciência acaba me ajudando a lidar com diversas questões ligadas à espiritualidade.

Dois lugares em que me sinto pleno: o palco e a casa da minha mãe. Tenho em meus pais e irmãs um porto seguro. Eles me passam a sensação e eu tenho certeza que sempre me ajudarão e apoiarão.

01/07/2018″

Fui surpreendido hoje, encontrando esse texto. Gosto desses achados porque revelam a inocência por trás de boas intenções e de inúmeros equívocos. Na época, tinha muitas convicções que hoje já se desfizeram em meio a uma constante reconstrução de crenças e valores. Me pergunto, quais as certezas de hoje que se revelarão as inquietações de amanhã?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s